UM FILHO NUNCA É IGUAL AO OUTRO MESMO!

Embora já soubesse que isso iria acontecer, até porque tive primeiro um menino e depois uma menina e todas as teorias já me diziam que seria assim. Como mãe e ser humano, ainda me deparo com a surpresa em pensar que se dei a mesma educação, o resultado teria que ser o mesmo. Fato é que tenho uma pequena em casa que tem me revelado ser uma tarefa muito mais difícil do que me preparei, mas também muito mais surpreendente. Meu filho sempre foi um menino muito fácil de lidar, o primeiro, obediente, calmo, responsável e muitos outros atributos que uma mãe pede quando se tem um filho. Acho que fiquei mal-acostumada, pois tudo o que desejava na educação dele, era só introduzir e ele aceitava. Aí nasceu a Liz e eu achando que seria do mesmo jeito. Engano meu! A cada fase uma nova descoberta, um novo desafio e muito jogo de cintura para fazer funcionar alguma das regras que antes eram tão fáceis de serem colocadas. Quatro anos de muito suor, mas de muito aprendizado. Ela virou o meu grudinho, me fez aprender que não há necessidade de dar limites ao amor. Me apresentou todas as minhas falhas e espelhou todos os meus defeitos. Me ensina a cada dia a usar uma linguagem nova para convence-la de que aquilo é certo e porque. Briga pelos seus direitos e reivindica respeito. Me trouxe o contato com o feminino, com a cumplicidade e também com a rivalidade. Me assusto as vezes ao ver uma copia minha falando e dando ordens, mas também fico muito feliz ao ver que tem nascido uma melhor versão minha, com suas virtudes e personalidade própria. Obrigada Liz por me fazer um ser humano melhor!!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square